Uma vitória para lavar a alma do torcedor do Treze, para o Galo se firmar no G-4 do Campeonato Paraibano 2024 e, de quebra, para colocar um ponto final em uma série de tabus. Tudo isso aconteceu após o Alvinegro derrotar o Sousa por 2 a 0, neste domingo. Veja quais são essas marcas.

Para começar, uma marca individual de um jogador. Os dois gols do jogo foram marcados por Lucas Mineiro, os primeiros dele com a camisa do Treze. O atacante comemorou bastante o feito, e a quebra dos tabus que serão listados abaixo.

Torcida trezeana, graças a Deus estou me apresentando, saíram meus dois gols. Felizmente esse tabu está quebrado e agora é só comemorar nossa entrada no G-4

— Lucas Mineiro

14 anos sem vencer o Sousa no Marizão

Esse era um tabu que todo mundo já conhecia. Entrava e saía ano, e a cada edição do Campeonato Paraibano se tocava nesta tecla. Antes do último domingo, a última vitória do Treze com o time profissional, jogando no Marizão, havia sido em fevereiro de 2010.

7 anos sem vencer no Sertão

O torcedor do Treze até brinca dizendo que quando o Galo passa de São José da Mata, na região metropolitana de Campina Grande, em direção ao Sertão, o time simplesmente esmorece. Isso porque o Galo não vencia nenhum time sertanejo fora de casa desde 2017, quando bateu o extinto Paraíba de Cajazeiras por 2 a 1.

1ª vitória de De Mattia fora de casa

Essa é a segunda temporada de William De Mattia no Treze. Ano passado foram 13 jogos no total, sendo seis fora de casa, e nenhuma vitória. Este ano, entre paraibano e Copa do Nordeste, foram três jogos longe de seus domínios, portanto, só em seu 9º jogo fora de casa, nos dois ciclos, Dema conseguiu sua primeira vitória fora.

Vencendo fora por mais de um gol

Depois de três anos, o Treze voltou a vencer por mais de um gol de diferença fora de casa. A última vitória assim havia sido na Série D de 2021, por 4 a 0, contra o Caucaia, na 7ª rodada da 1ª fase.

Sousa volta a perder no Marizão

O torcedor do Sousa tinha orgulho de dizer que “caiu no Marizão, é caixão”, isso valeu até para o maior campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro, que na última quarta feira sentiu o baque ao perder por 2 a 0 e acabou sendo eliminado pelo Dinossauro na competição nacional. Foram 16 jogos sem perder em casa, mais de um ano, mas a contagem acabou neste domingo.

Sousa não perdia por mais de um gol em casa, no Paraibano, desde 2015

Foram nove anos sem o Sousa perder no estadual por mais de um gol de diferença, jogando no Marizão. A última derrota havia sido no estadual de 2015, por 4 a 2, para o Botafogo-PB.

Informações com Globo Esporte PB

Categorized in:

Esporte,

Last Update: 26 de fevereiro de 2024