Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Município de São Bento produz 23 toneladas de lixo diariamente

Infraestrutura

Município de São Bento produz 23 toneladas de lixo diariamente

Prefeitura tem feito investimento na coleta

No último final de semana uma situação de incêndio num terreno onde é feito o depósito de lixo para transbordo chamou a atenção em São Bento. O local fica próximo ao bairro do São Bentinho, e o Blog buscou informações de esclarecimento. Saiba o que está ocorrendo.

TRANSBORDO

Hoje em dia na comunidade existe esse local que é despejado o lixo temporariamente e uma empresa contratada (CRIL) é responsável pelo transporte deste lixo para a decomposição na sede do Aterro, na zona rural de Belém do Brejo do Cruz. Já o despejo temporário no terreno é feito pelos carros de coleta comum, toda essa operação é o chamado Transbordo, seguindo modelo que ocorre em outras cidades, como Patos por exemplo.

Acontece que nesta última semana houve um atraso pela empresa Cril que recolhe no local e o acumulo aumentou.

E a fumaça do fogo? Em contato com moradores locais e agentes de limpeza do município, o relato é de que catadores vão neste terreno buscar produtos recicláveis, e que isso tem desagrado outros cidadãos, por espalhar parte dos montes que se formam. Devido a isso, acabam incendiando o lixo, o que causa fumaça tóxica e prejudica a população do bairro com problemas ambientais.

Em contato com a Prefeitura, os responsáveis lembraram que essa prática é criminosa e a Polícia Civil será acionada para investigação, já que a queima do lixo prejudica o meio ambiente.

O Município informou ainda que a CRIL, vai normalizar a retirada até sexta-feira que vem. São Bento que é uma cidade de alta produção industrial, gera 23 toneladas de lixo diariamente. A Prefeitura porém já marcou uma licitação para o próximo dia 19 de janeiro e vai ampliar a terceirização da coleta do lixo. “Essas intercorrências irão acabar, teremos um trabalho ainda mais dinâmico. Vale lembrar que a atual gestão acabou com o lixão no bairro Colinas do Sul, que vinha de todas as administrações anteriores e está avançando no trabalho ambiental, nós estamos recuperando os locais de depósito de lixo em São Bento” enfatizou o secretário de infraestrutura, Rodolfo Dias.

A Prefeitura hoje investe 150 mil reais por mês com essa coleta de lixo, que com novos meios de trabalho utilizando mao de obra, combustível, recepçao do terreno, transporte, EPIs e insumos tem aumento de custo anualmente.

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Infraestrutura

TOPO