Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Prefeito de Paulista diz que sua gestão não comprou nenhuma broa superfaturada. “Erro da licitação”

Política

Prefeito de Paulista diz que sua gestão não comprou nenhuma broa superfaturada. “Erro da licitação”

Nota divulgada

O prefeito Valmar Arruda (PL), da cidade de Paulista, no Sertão da Paraíba, a 400 km de João Pessoa, negou que a gestão dele comprou 300 pacotes de ‘broa preta’ no valor de R$ 24 mil. Ou seja, no contrato, R$ 80, por pacote. Segundo ele, não houve superfaturamento.

A aquisição está registrada em contrato assinado por ele com uma empresa fornecedora de alimentos, que ganhou licitação no início do ano. O valor total do contrato para fornecer refeições e lanches para diversas secretarias do município é de R$ 390 mil.

O caso repercutiu depois que foi divulgado nas redes sociais a quantidade, valores e tipo de alimentos que estão listados no contrato. Chamou atenção, claro, o valor para pelo “pacote” de broa preta, que não passa de R$ 5 em qualquer venda.

A “broa preta” ou “jumenta preta” é um pão achatado, arredondado feito com rapadura, que também é chamado de sorda.

O prefeito afirmou que houve um erro da equipe de licitação e o número 300 se refere a fardos e não pacotes. Valmar afirmou que fez uma reunião com os auxiliares para lembrar do “preço político” que está pagando pelo erro.

Disse ainda que, mesmo com equívoco no contrato, nenhuma broa foi comprada ou fornecida à prefeitura. A equipe de licitação emitiu nota, a pedido do prefeito, para esclarecer o erro (veja nota no fim da matéria).

No item 18 onde tem “Broa Preta” com o valor licitado de 80,00 (oitenta) reais, refere-se a um FARDO e não a unidade. Ao realizarmos consulta no setor de finanças, foi constatado que não foi realizada NEM UMA COMPRA do item “Broa Preta”, portanto, NADA FOI PAGO (…) ficando bem claro que foi um erro na unidade, que deveria estar como FARDO.”, destacou a nota

Pagamentos

No Sagres, do TCE-PB, é visto que a prefeitura pagou este ano para a empresa Araújo Comércio de Panificação cerca de R$ 65 mil para fornecimentos de alimentos. Não há descrição do que foi fornecido.

VEJA NOTA DE ESCLARECIMENTO

A comissão permanente de licitação da Prefeitura Municipal de Paulista-PB,

vem esclarecer sobre a matéria divulgada, referente ao Pregão Presencial nº

007/2023 que tem como objeto Fornecimento diário de refeições e lanches,

destinados a diversas secretarias deste Município de Paulista/PB. No item 18

onde tem “Broa Preta” com o valor licitado de 80,00 (oitenta) reais, refere-se a

um FARDO e não a unidade. Ao realizarmos consulta no setor de finanças, foi

constatado que não foi realizada NEM UMA COMPRA do item “Broa Preta”,

portanto, NADA FOI PAGO.

Temos como exemplos os itens de PÃO DOCE, PÃO CARTEIRA e PÃO

FRANCÊS, que são licitados como KG; BISCOITO DOCE, BISCOITO

SALGADO como FRD, ficando bem claro que foi um erro na unidade, que

deveria estar como FARDO.

Paulista-PB, 04 de dezembro de 2023

WEDNA LARICI DUTRA DOS SANTOS

Presidente da Comissão

DELLANNY LUCENA DA SILVA SANTOS

Membro

DANILO HELDER CAVALCANTE MOREIRA

Membro

Informações com Jornal da Paraíba

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO