Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Prefeitura de Belém do Brejo do Cruz gasta quase um milhão de reais por mês com contratados. Bem mais que outras cidades maiores

Política

Prefeitura de Belém do Brejo do Cruz gasta quase um milhão de reais por mês com contratados. Bem mais que outras cidades maiores

Efetivos nem chega perto

O Tribunal de Contas da Paraíba divulgou um relatório onde prova que os prefeitos que reclamaram de diminuição de recursos, estão na prática fazendo outra coisa, gastando mais.

Um exemplo claro vem de Belém do Brejo do Cruz, no Sertão. A gestão do prefeito Evandro Maia (MDB) tem gastado muito com servidores contratados e comissionados, aqueles que são nomeados conforme interesse do gestor e ocupam cargo sem concurso. Ele participou de uma manifestação pedindo mais dinheiro de FPM (imagem de cima).

O TCE através do Sistema Sagres (transparência pública) mostra o seguinte:

Em Agosto (último mês informado), o município de Belém tinha: 206 contratados, 53 comissionados e 200 efetivos. Ou seja, 259 temporários e 200 concursados.

Daí vem o pior desse raio-x administrativo.

Gastos da Prefeitura com servidores temporários – R$ 938.175 (novecentos e trinta e oito mil reais).

Gastos da Prefeitura com concursados efetivos – R$ 590.182 (quinhentos e noventa mil, cento e oitenta e dois reais).

Só a título de comparação, Belém gasta muito mais com contratados do que a cidade de Paulista, que é da mesma região. Paulista utiliza cerca de 380 mil reais com esse modelo de servidores, sendo que é maior que BBC em quase cinco mil habitantes.

Um servidor em contato com a imprensa que pediu para não ser identificado na matéria, detalhou que do município tem colegas que recebem mais de R$ 50 mil reais por mês, acima do teto constitucional. “Basta olhar no sistema, veja lá. Queremos e mais concurso”; anunciou.

Veja abaixo o que diz o TCE sobre gastos das Prefeituras.

https://tce.pb.gov.br/noticias/auditoria-tematica-do-tce-constata-aumento-nas-contratacoes-temporarias-no-estado-e-nos-municipais

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO
%d