A 1ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba analisou os dados públicos da Câmara Municipal de São Bento e por causa de remuneração excessiva ocasionou a desaprovação das contas de 2021 apresentadas pelo presidente da Câmara Municipal de São Bento, Artur de Araújo Filho, a quem houve a imposição do débito de R$ 15.181,20, conforme voto do conselheiro substituto Renato Sérgio Santiago Melo, relator do processo. Cabe recurso.

Presidida pelo conselheiro Fernando Catão, a 1ª Câmara do TCE também é composta pelos conselheiros Fábio Nogueira, Antonio Gomes Vieira Filho e Renato Sérgio Santiago Melo (substituto). O Ministério Público de Contas esteve representado pela procuradora Elvira Samara Pereira de Oliveira. Todos os julgamentos podem ser acompanhados pela TV TCE-PB, Canal no YouTube.

https://tce.pb.gov.br/noticias/acumulo-de-4-cargos-de-medico-rende-o-debito-de-r-289-mil-a-ex-vice-prefeito-de-catingueira

Informações com Assessoria TCE

Categorized in:

Política,

Last Update: 4 de maio de 2023