O conselheiro benemérito do Botafogo-PB, Breno Morais, enfim, se pronunciou após o episódio de agressão que ele protagonizou no último sábado, no Almeidão, a três profissionais da imprensa. Em carta aberta direcionada ao Belo e aos torcedores botafoguenses, o ex-dirigente anunciou que se afastará do dia a dia do clube.

No texto, Breno admite que se excedeu no último sábado, após a vitória do Botafogo-PB sobre o Sousa, pela semifinal do Campeonato Paraibano. Segundo ele, a abordagem intempestiva que ele teve contra Pedro Alves e Fábio Hermano, ambos da Rádio CBN, e contra Elialdo Silva, da Rádio Pop, se deu porque os jornalistas “optaram por maximizar pequenas falhas em detrimento da grande exibição do Belo”.

Mas ele garante que não proferiu “qualquer palavra contra a imagem e a honra dos envolvidos” e que não esboçou “qualquer tentativa de agredir ou impedir o indispensável trabalho da imprensa”.

Na carta aberta, o conselho benemérito do Botafogo-PB confirma que, “com o coração partido e dilacerado”, está desistindo de participar ativamente da vida do clube, segundo ele, para que sua presença não seja “interpretada equivocadamente com o propósito de atingir” o Belo.

O presidente do Botafogo-PB, Alexandre Cavalcanti, confirmou à imprensa que recebeu de Breno Morais a sua carta aberta.

Informações com Jornal da Paraíba

Categorized in:

Esporte,

Last Update: 25 de março de 2023