Uma mulher grávida, cidadã de Catolé do Rocha, de nome Taís Caren, fez uso da palavra durante sessão ordinária da Câmara de Vereadores do município nessa segunda-feira, 06 de março.

Ela denunciou mau atendimento ocorrido no Hospital Infantil Hermina Evangelista que pertence à Prefeitura Municipal. Segundo a mesma, dois dias procurou a unidade de saúde e teve problemas com falta de médico e abordagens não recomendadas pela direção do local.

Taís precisou levar seu filho pequeno para consulta e na denúncia disse que chamaram viaturas da polícia ao hospital.

A repercussão perante os vereadores foi imediata, alguns informaram que irão procurar o Ministério Público pela situação ouvida.

Até o fechamento da matéria, a Prefeitura não havia divulgado no site oficial nem nas redes sociais nenhuma resposta sobre a denúncia.

Categorized in:

Saúde,

Last Update: 8 de março de 2023