O Sousa Esporte Clube vem manifestar o seu repúdio em decorrência das manifestações machistas do atleta do Auto Esporte, Thiago Bob, contra Ruthyanna Camila Medeiros, árbitra da partida válida pelo Campeonato Paraibano entre Botafogo-PB x Auto Esporte, ocorrida na noite desta segunda-feira, no Estádio Almeidão, em João Pessoa.

Como relatado em súmula, a fala, carregada de preconceito, evidencia o ambiente ainda hostil que o futebol representa para as mulheres, em pleno ano de 2023. Das arquibancadas aos gramados, as mulheres que lutam para existir e resistir nesse espaço, precisam de respeito.

É inadmissível que a moral e a honra da árbitra, bem como de todas as mulheres, tenham sido atacadas covardemente como foram.

Diante do ocorrido, o Sousa Esporte Clube reafirma o seu compromisso em prol da luta por um futebol livre e pela equidade, contra o machismo estrutural. As mulheres são livres para ocuparem qualquer espaço que queiram e cabe a toda a sociedade lutar contra preconceito e opressão.

Aproveitamos o espaço para nos solidarizar com a árbitra e afirmar que seguimos atentos à expressões e atitudes desta natureza para que a sociedade possa garantir a segurança de todas as mulheres que ocupam o espaço que também é delas no futebol. Não toleraremos, em nenhuma hipótese, tais práticas.

Machistas não passarão!

Informações com Repórter PB

Categorized in:

Esporte,

Last Update: 1 de fevereiro de 2023

Tagged in:

,