A deputada estadual Pollyanna Dutra (PSB) participou da solenidade de inauguração da 35ª edição do Salão do Artesanato Paraibano, na noite da última sexta-feira (13). Com o tema “Artesanato Indígena”, o evento faz uma reconhecida homenagem aos povos originários, representados no Estado principalmente pelas etnias Potiguara e Tabajara, o evento é realizado pelo Governo do Estado e Sebrae-PB, e conta com um número recorde de participantes. Ao todo, 537 expositores trazem para o Salão as mais diversas tipologias, representando a mais autêntica produção artesanal paraibana.

Representando a Assembleia Legislativa no evento, a deputada Pollyanna, que visitou todos os estandes do evento ao lado de amigos e familiares, fez uma fala destacando a importância da valorização da cultura por meio do Salão do Artesanato. “Eu sou da terra de Celso Furtado, e ele, quando foi ministro da cultura, disse que não é possível desenvolver uma nação sem respeitar a cultura do seu povo, e João Azevêdo tem tido esse respeito com o nosso povo, trazendo os indígenas para ensinar a toda a Paraíba a importância de ter uma relação saudável com a natureza, nos encantando e deixando um legado para nós e para os turistas que passam por nossa capital”, destacou.

Pollyanna ainda parabenizou a toda a equipe de governo, em nome do governador, João Azevêdo, do vice-governador, Lucas Ribeiro, da primeira-dama e presidente de honra do artesanato paraibano, Ana Lins, e da gestora do Programa do Artesanato Paraibano, Marielza Rodriguez. “Vocês têm desenvolvido um trabalho belíssimo, encantador. A gente olha de um lado para o outro e não imagina que toda essa estrutura foi projetada em apenas 60 dias, isso mostra o respeito de uma gestão que valoriza sua história, sua cultura, seu povo, transformando o legado em oportunidade de negócio e desenvolvimento. Desejo a todos muito sucesso e gratidão, em nome do povo da nossa Paraíba”, complementou.

A solenidade de abertura contou com a presença, ainda, de diversas autoridades, além de 60 Indígenas da etnia Potiguara, que realizaram a Dança do Toré, um ritual sagrado dos índios, abençoando os presentes, em especial aos gestores do estado e da capital. A 35ª edição do Salão do Artesanato Paraibano será realizada até o dia 5 de fevereiro em uma megaestrutura montada na Orla da Praia de Cabo Branco, em João Pessoa.

Informações com Assessoria

Categorized in:

Política,

Last Update: 15 de janeiro de 2023