Lideranças do PT, PCdoB e PV do município de Sousa, no Sertão da Paraíba, se manifestaram repudiando os atos terroristas de bolsonaristas que invadiram e depredaram o Palácio do Planalto, a sede do Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional, em Brasília, no domingo.

Jucélio Mendes, presidente municipal do PCdoB, disse que os atos de terrorismo em Brasília foram a culminância de um processo de tentativa de destruição da democracia que vem sendo financiado e incentivado há vários meses.

“Não conseguiram, graças a Deus, mas a gente já percebe há bastante tempo essa movimentação, a questão dos acampamentos de bolsonaristas instalados em repartições militares e com isso a gente culminou ontem com aquela tragédia que aconteceu em Brasília”.

O presidente do PV de Sousa, Francisco Franco, também ressalta que os atos antidemocráticos no país vem sendo financiados há bastante tempo: “Não é uma surpresa grande porque, na verdade, pequenos atos já vem acontecendo há algum tempo. São manipulados e organizados por pessoas antidemocráticas, que não respeitam a democracia”, disse ele.

Vera Vernaide, presidente da Comissão Provisória do PT em Sousa, reitera que não deve haver anistia para os culpados. “Falar em um único culpado seria simplismo de nossa parte, porque é um grande grupo. Pode até ter alguns cabeças, mas um único, não. E com certeza chegarão aos culpados e eles pagarão por esse crime sem anistia”, falou a petista.

Informações com Diário do Sertão

Categorized in:

Política,

Last Update: 10 de janeiro de 2023

Tagged in: