Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Brasil goleou Coréia do Sul e agora pega a Croácia nas quartas de final

Esporte

Brasil goleou Coréia do Sul e agora pega a Croácia nas quartas de final

Seleção voltou a jogar bem

A Seleção Brasileira atropelou a Coreia do Sul por 4 a 1 e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Mundo do Qatar. Com gols de Vini Jr., Neymar, Richarlison e Paquetá, o Brasil fez uma grande atuação nesta segunda-feira, no Estádio 974 e agora vai enfrentar a Croácia na próxima fase. O gol de honra sul-coreano foi marcado por Seung-ho Paik.

Baile do Brasil começou cedo

Com Neymar de volta e a formação mais ofensiva, as perspectivas eram das melhores, mas os primeiros 12 minutos superaram qualquer expectativa. Enquanto a Coreia buscava a linha de impedimento, o Brasil buscava o gol. Raphinha misturou habilidade com “briga”, ganhou do defensor e cruzou para trás achando Vini Jr., sozinho, para bater e abrir o placar. Não demorou muito e Neymar, em pênalti sofrido por Richarlison, fez 2 a 0.

Já com a vantagem no placar, a Seleção viu a Coreia se abrir mais e aí sobrou espaço para o time de Tite ir para cima. Depois de alguns contra-ataques perdidos e da “fome” de Neymar, Richarlison fez embaixadinha com a cabeça, tocou para Marquinhos, que deixou para Thiago Silva dar uma assistência primorosa para o “Pombo” fazer 3 a 0. Um golaço.

A vitória por três gols de diferença ainda não mostrava a superioridade em campo. Após receber de Neymar, Vini Jr. partiu pela esquerda e cruzou para a área onde achou Paquetá, livre de marcação, para bater de direita, sem chance para o goleiro. 4 a 0 fora o baile. E ainda dá para falar que foi pouco, porque algumas chances foram desperdiçadas.

Susto e mais gols perdidos

Logo após mais uma chance perdida por Raphinha, Son levou vantagem em cima de Marquinhos, ficou cara a cara com Alisson, que “cresceu” para conseguir desviar e salvar o primeiro gol sul-coreano. A jornada de gols perdidos seguiu depois da primeira etapa e, Raphinha, que buscava marcar o seu, parou no goleiro adversário mais duas vezes.

Brasil diminui o ritmo, faz trocas e leva gol

Já pensando nos próximos desafios na Copa do Mundo, o Brasil diminuiu o nível de concentração e de intensidade depois dos primeiros 15 minutos. Daniel Alves, Martinelli e Bremer entraram para oxigenar o time e poupar companheiros, mas foi justamente neste momento que a Coreia do Sul chegou ao seu gol. Seung-ho Paik chutou de longo e marcou um belo tento, algo que estava sendo desenhado em vacilos anteriores.

Homenagem e “preguiça”

Depois de tomar o gol e ver a Coreia ameaçar buscar mais, o Brasil buscou um jogo mais seguro, mas manteve a “preguiça” no ataque, com erros de passe, cruzamentos displicentes e domínios equivocados. Em meio a isso, Tite colocou Weverton em campo no lugar de Alisson para homenagear o arqueiro palmeirense, o único que não havia jogado na Copa. Neymar também saiu e deu lugar a Rodrygo para fechar a partida.

E agora?

Com a vitória, o Brasil se garante nas quartas de final da Copa do Mundo do Qatar, em que enfrenta a Croácia, na próxima sexta-feira, às 12h (de Brasília), no Estádio Cidade da Educação. O vencedor pega quem se der melhor no confronto Argentina x Holanda.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 4 x 1 COREIA DO SUL

Local: Estádio 974, em Doha (QAT)

Data-Hora: 5/12/2022 – 16h (de Brasília)

Árbitro: Clement Turpin (FRA)

Assistentes: Nicolas Dano (FRA) e Cyril Gringore (FRA)

VAR: Jérôme Brisard (FRA)

Público: 43.847 torcedores

Cartões amarelos: (BRA) Woo-Young Jung (CDS)

Cartões vermelhos: Fulano, aos 0’/0ºT (BRA) (CDS)

Gols: Vini Jr. (7’/1ºT) (1-0), Neymar (12’/1ºT) (2-0), Richarlison (28’/1ºT) (3-0), Lucas Paquetá (35’/1ºT) (4-0), Seung-ho Paik (30’/2ºT) (4-1)

BRASIL: Alisson (Weverton, aos 35’/2ºT); Éder Militão (Daniel Alves, aos 17’/2ºT), Marquinhos, Thiago Silva e Danilo (Bremer, aos 26’/2ºT); Casemiro, Lucas Paquetá e Neymar (Rodrygo, aos 35’/2ºT); Raphinha, Vini Jr. (Martinelli, aos 26’/2ºT) e Richarlison. Técnico: Tite.

COREIA DO SUL: Seung-gyu Kim; Moon-hwan Kim, Min-jae Kim, Young-gwon Kim e Jin-su Kim (Chul Hong, no intervalo); Woo-Young Jung (Jun-ho Son, no intervalo), In-beom Hwang (Seung-ho Paik, aos 20’/2ºT) e Jae-sung Lee (Kan-gin Lee, aos 29’/2ºT); Hee-chan Hwang, Heung-min Son e Gue-Sung Cho. Técnico: Paulo Bento.

Informações com Lancenet

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Esporte

TOPO
%d blogueiros gostam disto: