Castigo no fim!

A seleção brasileira perdeu para Camarões nesta quinta-feira por 1 a 0, com gol de Aboubakar, aos 46 minutos do segundo tempo, mas ainda assim terminou a fase de grupos como líder da chave G na Copa do Mundo. Escalada com reservas diante da classificação antecipada às oitavas de final, a equipe comandada por Tite foi castigada por não definir o jogo apesar de ter muito mais volume durante todo o jogo no estádio Lusail. O Brasil avançou com seis pontos, assim como a Suíça, mas permanece como líder do grupo por saldo de gols (dois contra um). A Coreia do Sul será a adversária no mata-mata.

A Coreia do Sul será a adversária na abertura do mata-mata para a Seleção. A equipe asiática avançou em segundo lugar no Grupo H e vai duelar com o Brasil por uma vaga nas quartas de final na próxima segunda-feira, às 16h (de Brasília), no estádio 974.

Mesmo com muitos reservas em campo, o Brasil não sentiu muito a falta de entrosamento. Aos 15 minutos, Gabriel Martinelli apareceu livre para cabecear, mas parou em Epassy, goleiro de Camarões. Melhor no jogo, o Brasil passou a criar boas chances de gol.

Porém, foi a seleção de Camarões que quase inaugurou o marcador, mas Ederson fez milagre em cabeçada de Mbeumo e o jogo seguiu sem gols para o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, Camarões voltou a pressionar e assustar o gol de Ederson. A Seleção respondeu com dois ataques perigosos, mas parou no goleiro Epassy. Tite passou a rodar o time, colocando nomes como Pedro e Everton Ribeiro em campo.

Já nos acréscimos, Camarões marcou com Aboubakar e saiu na frente do marcador, decretando a vitória dos africanos.

Informações com Metropoles

Categorized in:

Esporte,

Last Update: 2 de dezembro de 2022