Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Polêmica no concurso da Câmara Municipal de Vista Serrana

Educação

Polêmica no concurso da Câmara Municipal de Vista Serrana

Provas no fim de novembro

A busca por concursos públicos tem sido uma constante por parte de vários cidadãos que buscam estabilidade e garantia de emprego. Nos últimos anos o sertão paraibano, vem tendo realização de concursos públicos, porém, as empresas contratadas pelas prefeituras e câmaras municipais vem sendo alvo de denúncias.

A Câmara Municipal de Vista Serrana realizou concurso público e contratou a empresa FACET para execução. Ocorre que a empresa FACET vem sendo alvo de várias denúncias e ações movidas pelo Ministério Público Estadual, tendo, inclusive, concursos cancelados após denúncias.

No último domingo, dia 27 de novembro, dezenas de pessoas se inscreveram e pagaram as taxas para concorrer aos cargos de técnico legislativo e para auxiliar de serviços que estavam sendo oferecidos para a Câmara Municipal de Vista Serrana. Logo no início das provas, os candidatos apontaram irregularidades e falta de transparência na lista de inscritos.

O senhor Flamarion Macena de Medeiros denunciou que pagou a taxa com antecedência, porém, não recebeu cartão de inscrição e ao chegar ao local de execução das provas verificou que seu nome não constava na lista. Após questionar com um dos funcionários da FACET e apresentar o comprovante de pagamento feito no Banco do Brasil, o cidadão recebeu uma prova, mas Flamarion expressou que não teve segurança alguma diante da desorganização do concurso.

“O que aconteceu comigo foi um absurdo! Eu me inscrevi no concurso da Câmara Municipal de Vista Serrana, eles não colocaram meu nome na lista de inscritos, o cartão de inscrição não enviaram para mim. Esse final de semana eu fui fazer as provas, mas meu nome não constava na lista nas salas. Eu falei com uma coordenadora e ela mandou eu procurar uma das salas que tinha uma prova sobrando pra mim…um absurdo o que aconteceu comigo”, relatou Flamarion.

A reportagem fez contato com o vereador Yezio do Boqueirão (MDB), presidente da Câmara Municipal de Vista Serrana, para relatar a denúncia. Ele disse que contratou a empresa, mas se ela não tem compromisso com o povo, com o trabalho que oferta, ela que se cuide e vá atrás de se regularizar.

Informações com Polêmica Patos

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Educação

TOPO
%d blogueiros gostam disto: