Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Açude Santa Rosa em Brejo do Cruz é um dos que estão sangrando na Paraíba

Infraestrutura

Açude Santa Rosa em Brejo do Cruz é um dos que estão sangrando na Paraíba

Cheia

Neste ano de 2022 a Paraíba vive um cenário bem diferente em relação à situação hídrica. Com as chuvas que estão caindo no Estado a realidade de muitos mananciais mudou completamente.

Muitos reservatórios que estavam completamente secos, voltaram a acumular água, alguns até transbordar. Outros tiverem seus volumes acumulados ampliados este ano.

A Paraíba tem 1.889.502.287 m³ de água acumulada em seus reservatórios, o que representa 46,46% da sua capacidade total de armazenamento. É o maior volume dos últimos anos, pois desde muito tempo não se alcançava esse índice de acúmulo de água.

Atualmente, 19 açudes monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) estão sangrando, mas no ano outros mananciais já transbordaram e atualmente não estão mais sangrando. Já 68 reservatórios estão em situação de normalidade, 27 se encontram em observação e 21 ainda permanecem em situação crítica.

Estão transbordando as seguintes barragens: Araçagi, Bom Jesus (Carrapateira), Cafundó (Serra Grande), Cachoeira da Vaca (Cachoeira dos Índios), Frutuoso II (Aguiar), Gamela (Triunfo), Gramame/Mamuaba (Conde), Jangada (Mamanguape), Lagoa do Matias (Bananeiras), Marés (João Pessoa), Olho dÁgua (Mari), Pedra Lisa (imaculada), Pimenta (São José de Caiana), Pitombeira (Alagoa Grande), Santa Rosa (Brejo do Cruz), Suspiro (Serra da Raiz), São José I (São José de Piranhas), São José II (Monteiro).

Informações com Max Silva

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Infraestrutura

TOPO
%d blogueiros gostam disto: