Em resposta a uma denúncia formulada pelo vereador João de Sousa Leite Filho (PSDB) à Promotoria de Justiça de Pombal, tendo como base um abaixo-assinado por quase 30 alunos universitários, o prefeito Abmael de Sousa Lacerda (Verissinho) negou que esteja havendo negativa por parte do município do transporte para o deslocamento para outras cidades da região.

Em agosto, a Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, Requerimento de autoria dos vereadores Edno Dantas (PL), João Filho e Fábio Queiroga (PSDB), endereçado ao gestor municipal, para que seja cumprida Lei Orgânica local que obriga a administração fornecer veículos para quem cursa nível superior em cidades como Patos, Sousa e Cajazeiras.

Porém, diversos alunos – que estudam em instituições que já retomaram as aulas presenciais – denunciaram que estão sendo prejudicados com a falta de transporte, que seria condicionado ao número mínimo de 10 estudantes (veja documento).

Ao rebater as acusações (veja Ofício), o prefeito disse que não foi informado da situação pelo Conselho Estudantil, para poder elaborar a escala de motoristas, e que sua gestão sempre primou pela prestação do serviço.

Informações com Naldo Silva

 

 

Categorized in:

Política,

Last Update: 15 de setembro de 2021

Tagged in:

,