Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Situação difícil de estrutura na Escola Estadual João Silveira em São Bento

Política

Situação difícil de estrutura na Escola Estadual João Silveira em São Bento

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio João Silveira Guimarães, única pública de ensino médio regular da cidade de São Bento, sofre com o descaso por parte do Governo do Estado, por falta de manutenção e em fracas instalações. 

A unidade escolar foi transferida em 2017 para o Bairro São José, na rua São Judas Tadeu, que antes funcionava a Escola José Felinto de Moura, na época da transferência os alunos não ficaram satisfeitos com a mudança, visto que, as novas dependências são mais distantes do centro da cidade.

Os problemas já começam na entrada da escola, o acesso é de barro e quando chove ocasiona transtornos. No interior da unidade escolar tem um grande terreno baldio em que o mato tomou de conta, como também está cheio de lixo.

As 10 salas de aulas que funcionam regularmente apresentam mais problemas, começando pelas vidraças quebradas, que geram exposição ao sol para os alunos, no local foi feito um paliativo com algumas cortinas para tentar amenizar os problemas. As salas não dispõem de refrigeração, algumas tem ventiladores com instalações precárias. Outro detalhe na escola, é que os banheiros femininos do local estão sendo usado como depósito de cadeiras.

Por fim a João Silveira está sem diretor e vice efetivos, alguns diretores até foram nomeados pelo Governo do Estado, porém não conseguem permanecer devido à grande carga de trabalho e pouca renumeração. Hoje em dia a parte administrativa da escola estão a cargo dos auxiliares.

A manutenção da escola está sob responsabilidade da Organização Social Ecos, e que já solicitou inúmeras vezes o concerto dos problemas, que foram comprovados por ofícios.

São Bento em Foco

 

 

 

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO
%d blogueiros gostam disto: