Cláudio de Sinfrônio (PSDB) foi reeleito presidente da Câmara de Catolé do Rocha, nessa segunda-feira, 21 de novembro em sessão realizada. Ele contou com a unanimidade de votos dos presentes, nove.

Cláudio logo em seguida falou da satisfação em ficar à frente do poder legislativo por mais dois anos; “Leomar me lançou candidato a presidente as duas vezes, e os vereadores me acolheram recebendo a escolha e votando, nosso estilo é esse, sem imposição, contei com o apoio dos colegas, do vice-prefeito Laurinho. Agradeço demais de coração todo o apoio e prometo honrar, e seguir meu jeito de atender de portas abertas em nossa sala. No trabalho desses dois primeiros anos fizemos muito pela Câmara, estreamos os gabinetes dos vereadores, com tudo que tem direito e nesse segundo mandato faremos mais”; discursou.

Cláudio quem na primeira gestão, foi eleito também sem enfrentar adversário. Votaram e estiveram presentes no segundo biênio: Cleverlando Barreto (PTB), Garber Benjamim (DEM), Marquinhos do Leite (PTB), Geraldo Amélio (PR), Pedro Pereira (DEM), Vavá Cunha (PTB), Ubanaldo Melo (SDD) e Bizu Maia (PRB). Os ausentes mandaram ofício justificando.

O vice-prefeito Laurinho Maia (DEM) esteve presente durante toda a sessão, e também discursou declarando seu apoio a Cláudio. Os vereadores também elogiaram a gestão do presidente reeleito, falando em união.

A sessão que decidiu pela presidência de Cláudio foi extraordinária, nesse dia três reuniões foram realizadas. A primeira ordinária e a extra da sequência trataram de temas como projetos de lei e requerimentos.

A Câmara aprovou de Bizu a proibição de atividades pedagógicas na rede municipal e privada que trate de ideologia de gênero nas escolas. Já Garber nomeou uma rua de Francisco Benício e outra de José Bernadino de Sousa. Ainda de Bizu título de cidadão para José Genário Soares.

Em requerimentos a Câmara teve pedido o próprio citado acima, convite ao secretário municipal de educação Jailson Firmo, e a gerente regional Socorro Muniz para falar sobre mudanças na Escola Estadual João Suassuna. Ubanaldo pediu quebra-molas em frente ao Supermercado DoDia do bairro Liberdade e Garber pediu calçamento próximo ao CAIC.

Categorized in:

Política,

Last Update: 21 de novembro de 2018