Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Evento da ANA em Sousa

Política

Evento da ANA em Sousa

Encontro recente da Agência Nacional das Águas (ANA) no Auditório do SENAI na cidade de Sousa, debateu iniciou do desenvolvimento de programas de ações de enfrentamento às secas na Bacia dos Rios Piancó-Piranhas-Açu, conforme previsto no Plano de Recursos Hídricos da Bacia, que nesse momento abarcam os sistemas hídricos formados pelos reservatórios de Eng. Ávidos/São Gonçalo e Corema/Mãe Dágua, além dos sistemas urbanos de abastecimento de água das cidades de Sousa/PB e Caicó/RN.

O evento contou com representantes do DNOCS, CAGEPA, DAESA, UFCG, UFC, IFPB, e o Comitê da Bacia Hidrográfica dos rios Piancó-Piranhas-Açu (CBH PPA), representado pelo vice-presidente, Josué Diniz Araújo. O assunto tão importante, mas pouca gente de Sousa compareceu. Foi também observada a falta das autoridades locais.

De acordo com a Professora da Universidade Federal do Ceará (UFC), Ticiana Shuarder, o encontrou foi para discutir, e elaborar o Plano Proativo de Secas da Cidade de Sousa. “Isso é, você saber antes da próxima seca se instalar o que fazer. Estamos resgatando toda a melhoria da bacia, os principais problemas enfrentados durante essa seca de sete anos, e quais as soluções que foram encontradas, o que é que deu certo, o que é que não funcionou para que essa memória não se perca”, disse.

O Comitê da Bacia dos Rios Piancó-Piranhas-Açu discutiu com os representantes da sociedade sousense as questões relacionadas aos problemas e soluções realizadas com a seca junto a população no enfrentamento da falta de água, e distribuição para Sousa, Marizópolis e Nazarezinho.

O representante da ANA, Carlos Perdigão que veio de Brasília especialmente para esse debate na Cidade Sorriso, revelou que o Plano elaborado em 2016 que previa ações de preparação para o enfrentamento de estiagens estavam sendo colocado em pratica, a partir dos planejamos par o futuro.

– Esse é um sistema de abastecimento que já estamos estudando, esse aqui da Cidade de Sousa, o qual nós pretendemos fazer um planejamento, ou seja, um plano de preparação para as secas que poderão vir no futuro para que a cidade esteja mais bem preparada para se passar por esse tipo de situação, revelou Carlos Perdigão, represente da ANA.

Os debates fluíram justamente na distribuição de água para o Município de Sousa. A CAGEPA por sua vez revelou que distribui atualmente 230 litros por segundos, sendo 30 litros por segundos para Marizópolis, e 200 litros por segundos para Sousa.

O maior problema na distribuição de água em Sousa, detectado pela Equipe da ANA, e Bacia Piranhas/Açu foi a falência do sistema, falta de infraestrutura, ausência de investimentos, além do mais, o crescimento habitacional, sem o devido acompanhamento da estrutura, que acarreta a problemática da chegada de água principalmente nos lugares mais alto do município.

Por fim foram feitos por partes dos órgãos competentes os encaminhados após discussão dos problemas para o planejamento futuros do enfrentamento das secas prolongadas utilizando os recursos hídricos disponíveis no Município de Sousa.

 

 

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO