O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) que lutou para ser um dos mais votados na lista de candidatos da Paraíba à Câmara no pleito deste ano, contando com vários prefeitos e líderes políticos do interior. O fortalecimento de Aguinaldo é atribuído à atuação de resultados que ele desenvolve em Brasília, favorecendo municípios de diferentes regiões com recursos de emendas ao orçamento, além de estar sempre pronto a encaminhar e liberar demandas de prefeitos e outros políticos que o procuram em seu gabinete.

Filho de Enivaldo Ribeiro, ex-deputado federal, vice-prefeito de Campina Grande, presidente do diretório estadual do Partido Progressista, Aguinaldo já ocupou secretarias de governo na Paraíba, foi ministro das Cidades no governo da presidente Dilma Roussef (PT), liderou a bancada do PP na Câmara dos Deputados e, demonstrando seu ecletismo, é, hoje, líder do governo Michel Temer naquela Casa. Interlocutores próximos de Ribeiro afirmam que o fortalecimento gradativo de seus espaços no cenário paraibano o credencia a uma futura disputa ao governo do Estado, o que estaria na lógica de um planejamento metódico que o parlamentar procura pôr em prática.

“Aguinaldo já deu mostras de sua vocação política e do seu espírito público”, opina sua irmã, Daniella Ribeiro, deputada estadual, que foi eleita primeira senadora da Paraíba. Daniella cometeu a ousadia ao derrotar nomes de peso como o senador Cássio Cunha Lima, o deputado federal Luiz Couto e o ex-governador Roberto Paulino. Mas Aguinaldo retribui enaltecendo a coragem de Daniella e observando que a eleição ao Senado é uma consequência natural do trabalho parlamentar que a irmã empreende no Estado. Para ele, “subestimar as chances de Daniella na disputa foi temerário para quem se dispôs a tanto”.

De sua parte, Aguinaldo Ribeiro mantém postura de bom relacionamento com variados expoentes da política paraibana, a exemplo do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, do PV, e do governador do Estado, Ricardo Coutinho, do PSB.

O PP já informou terá um “projeto de oposição” para 2019. “O PP sai muito fortalecido. Elegemos dois novos deputados estaduais e temos um cenário que sinaliza para que nós possamos ter a responsabilidade com o nosso Estado e o designo que o povo paraibano escolheu, que foi dentro da oposição”, avaliou.

E chamou a responsabilidade dos oposicionistas ao proclamar o seguinte: “Toda oposição tem um papel importante”.

Aguinaldo lembrou que sua contribuição aos paraibanos vem sendo dado desde o seu primeiro mandato, carreando recursos para investimentos nas diversas áreas públicas.

Contribuição essa acrescida com ações que atingiram à população em todos os níveis, principalmente os que precisam através do projeto “Minha Casa Minha Vida”.

Ministro das Cidades, Aguinaldo só benefícios trouxe para a Paraíba.

Agora, fortalecido com a eleição da irmã e futura senadora Daniella Ribeiro.

MUDANÇA – Estrategicamente antes da eleição votos polêmicos de alguns políticos foram suprimidos, escândalos ocultados, e elogios. A imprensa identificou ao menos 32 políticos, deputados e senadores, que tiveram suas páginas alteradas. A lista de mudanças feitas por parlamentares (27 deles candidatos nestas eleições) é extensa nas páginas do Wikipédia, enciclopédia online referência nos buscadores da internet. Entre os nomes listados, consta os dos senadores Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e Hélio José (PROS-DF), além dos deputados Carlos Zarattini (PT-SP), Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) e Herculano Passos (MDB-SP). Todos disputam um novo mandato.

A maioria das publicações parte de computadores ligados à rede da Câmara e do Senado. Num dos IPs identificado como de número 200.219.132.70, oriundo da Câmara dos Deputados, retirou da página de Zarattini trechos críticos a um projeto de lei proposto pelo parlamentar, referente à regularização de transporte de passageiros via aplicativos como Uber. No trecho retirado, argumentava-se que a PL 5587 acabaria com a “lógica das empresas”. Posteriormente, o texto original foi recuperado.

Nonato Guedes

 

 

Categorized in:

Política,

Last Update: 13 de outubro de 2018