Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Mofi arrumou apoio na cidade de Sousa

Política

Mofi arrumou apoio na cidade de Sousa

O Radialista, Emerson Machado, conhecido por “Mofi” esteve em visita a cidade de Sousa. Como candidato a deputado federal, “Mofi” foi recebido pelo suplente de Vereador, Fábio Braga que declarou apoio político ao seu projeto ao Congresso Nacional.

Emerson Machado também chegou a visitar a residência do ex-prefeito de Sousa, André Gadelha (MDB), oportunidade que conversaram sobre conjecturas políticas estaduais. Em seguia prestigiou o show gospel do colega de emissora, Elson Júnior na Praça da Estação, ao lado da Igreja Senhora Santana.

Após, conversou com a imprensa, e disse que seu projeto foi o povo quem lhe motivou, e que “acha desleal” a disputa eleitoral. “Eu me sinto uma formiguinha contra o formigueiro. Não abro mão dos meus princípios. Não vou vender minha alma. Não vou vender minha família como têm políticos na Paraíba que têm coragem de vender o pai, a mãe, os filhos para ganharem um mandato de deputado. Eu não vou fazer isso. Quem tem princípios vai com ideias”, comentou.

“Mofi” criticou os deputados federais da Paraíba, ao lembrar que eles tiraram os direitos dos trabalhadores ao votarem a favor da reforma trabalhista, ao tempo que defender o término da audiência de custódio, o que segundo a visão do Radialista que trabalha com cobertura policial só serve para liberar bandidos.

Defendeu ainda que o bandido cumpra até 85% da condenação, o contrário de agora que é apenas 1/3 da condenação. Lutaria para acabar também com as visitas intimas. Ele entende que esse meio só serve para continuar a bandidagem fora dos presídios. Falou que é preciso o homem de bem andar armado para se defender, e relatou que defende a liberação do porte de arma.

O Radialista do Sistema Correio de Comunicação ponderou que seu projeto nasceu do desejo popular. Atualmente não tem lideranças como: prefeitos, vereadores, deputados lhe apoiando, mas que o anseio das ruas é o que mais lhe motiva a permanecer na luta, e que por onde passa é recebido pela população de braços aberto por todo Estado.

Ainda durante a entrevista, Emerson falou que é contra a obrigatoriedade do voto, a grande quantidade de Partidos Políticos, o que ele classificou como “vergonha”. “Eu sou a favor de cabar com esses partidos políticos, e a favor que as candidaturas sejam avulsas”.

Sobre a renovação do quadro dos atuais deputados federais, Emerson não acredita que haja mudança de “quase nada”. “O povo brasileiro precisa se preparar para não vender o voto. Eu não dou dinheiro a nenhum vereador, ou prefeito. Posso até perder a eleição, mas perco de cabeça erguida”, completou.

Falando do apoio do suplente de vereador Fábio Braga em Sousa a sua candidatura, “Mofi” frisou que ele quem lhe ligou e disse: “Mofi, eu quero lhe ajudar, por quer você é um cara novo, está na cabeça do povo. É assim, pergunte o que é que eu dei a ele: nada”.

Sobre compra de votos, Emerson mandou um recado aos concorrentes: “Podem derramar dinheiro, por quer o dinheiro que vocês vão derramar é roubado. Quem compra voto é ladrão. O político que compra voto é ladrão, quem está dizendo é Mofi”.

Repórter PB

 

 

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO
%d blogueiros gostam disto: