Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Deputados candidatos tem estado ausentes na ALPB

Política

Deputados candidatos tem estado ausentes na ALPB

Conforme o presidente, hoje, a Casa não tem matéria pendente e que vale ressaltar que está bem melhor do que qualquer outro momento. “E olhe que nós estamos num período eleitoral dentro de uma campanha curta de apenas 45 dias. A Casa está fazendo o seu dever e eu fico feliz porque realmente não está sendo fácil”, destacou.

Mesmo assim em sessões apenas 15 dos 36 deputados estiveram em Plenário, mas o presidente explicou que não houve esforço concentrado porque não havia razão para isso, uma vez que, as matérias estão dentro do prazo e, portanto, não poderia antecipar. “Eu não tenho como fazer isso. Tivemos o pequeno e o grande expediente, mas os deputados estão imbuídos nesse propósito e tudo que tinha para ser votado já foi votado”, explicou.

Gervásio fez ainda uma avaliação sobre a campanha eleitoral e disse que esta está sendo muito atípica e que nunca viu nada igual. “É uma campanha muito diferente, muito curta, não está dando tempo para absolutamente nada. As privações impostas são muito complicadas de se administrarem. Por exemplo: não se pode usar o carro de som para comício e isso representa muito para um município do interior”, avaliou.

Segundo ele, os erros sobre as mudanças no processo eleitoral foram gigantescos e o Congresso Nacional pecou quando fez essas modificações. O presidente admite que daqui até o final da campanha vai ficar complicada a presença dos deputados na Casa. “Eu tenho noção disso. Agora, a única coisa que eu não vou permitir é que alguma matéria deixe de ser votada prejudicando qualquer interesse do Estado, mas está tudo em dia”, atestou.

O aspecto que demonstra isso é que desde a volta do recesso parlamentar, em julho, poucos parlamentares têm frequentado a Assembleia Legislativa, uma vez que, quase todos estão a disputar à reeleição em outubro ou trabalhando em prol dos seus aliados.

Para minimizar essas faltas, os deputados se reuniram e houve um acordo de lideranças para que haja um esforço concentrada para votação das matérias em pautas todas as terças-feiras, mas ainda assim o acordo vem sendo quebrado.

Gervásio chegou a anunciar que vai contar os pontos dos faltosos. Os deputados poderão perder por dia, o equivalente a R$ 800,00 do salário.

O presidente informou ainda que a falta tem que ser justificada, mas até então não havia chegado nenhum documento de justificativa dirigido à Mesa Diretora.

“Eu não quero prejulgar ninguém, agora sem justificar o ponto tem que ser cortado, não há o que se fazer, pois o pactuado é que o esforço concentrado será realizado às terças. Na verdade, a gente vive uma situação diferente das outras eleições com um período eleitoral de campanha muito curto, mas é preciso conciliar”, avaliou.

Mais PB

 

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO
%d blogueiros gostam disto: