Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Podemos quer aliança de eleger boa quantidade de deputados na PB

Política

Podemos quer aliança de eleger boa quantidade de deputados na PB

Lindoldo Pires não vê problemas em disputar a reeleição para a Assembleia Legislativa da Paraíba com outros cinco colegas de legenda e destaca que o partido aposta na força de uma boa coligação para conseguir o feito de, ao menos, continuar com a segunda maior bancada na Casa Epitácio Pessoa. Entre as legendas, o ex-secretário do Governo do Estado destaca que o PSB deve estar presente na aliança.

Atualmente, além de Lindolfo, o Podemos conta com as presenças de Arthur Cunha Lima, Trócolli Júnior, João Gonçalves, Edmilson Soares e Branco Mendes. Todos são pré-candidatos ao cargo que já ocupam no legislativo paraibano.

Mais de um terço dos deputados estaduais no exercício do mandato resolveu se unir em uma coligação proporcional para disputar a reeleição no Estado, no pleito de outubro. São os parlamentares dos dois partidos que possuem a maior bancada, atualmente, na Assembleia Legislativa: PSB e Podemos. Dos 36 deputados que compõem a Casa de Epitácio Pessoa, 13 vão se unir para a disputa. Serão sete socialistas com mais seis “podemistas”. A oficialização do acordo somente acontecerá em agosto, no período das convenções, conforme avisou o deputado estadual Lindolfo Pires, explicando que outras legendas devem participar da aliança.

A quantidade de parlamentares é grande e gera dúvidas quanto às chances de reeleição de todos eles. Ainda assim, Lindolfo Pires acredita que a composição está fadada a progressos e que a maioria deverá ser beneficiada novamente com o mandato. O PSB reúne nomes como Adriano Galdino, ex-presidente da Assembleia Legislativa, Antônio Mineral, Rubens (Buba) Germano, Estelizabel Bezerra, Jeová Campos, Ricardo Barbosa e o suplente Hervázio Bezerra. O Podemos, por sua vez, agrega os deputados Athaydes Mendes (Branco), Edmilson Soares, João Gonçalves, Lindolfo Pires, Tróccoli Júnior e o suplente Arthur Cunha Lima Filho.

De acordo com Lindolfo Pires, a coligação das duas siglas tem a pretensão de ocupar quase metade das cadeiras na Casa Legislativa. “Nossa aliança não está pesada de maneira alguma. É a maior coligação, que vai eleger metade dos deputados da Assembleia e tende a ser vitoriosa. Ao todo, poderemos contar com 54 candidatos, uma vez e meia o número de deputados. Agora, quanto nós teremos, só vamos confirmar em agosto”, preveniu Lindolfo. Por outro lado, o pré-candidato a deputado federal pelo PPS, jornalista Nonato Bandeira, ex-vice-prefeito de João Pessoa e ex-chefe de gabinete do governador Ricardo Coutinho, já disponibilizou online o site www.nonatobandeira.com.br para dialogar com a população, apresentar ideias, conceitos e propostas. Ele revela que o site também está aberto a receber sugestões para a construção de um possível mandato dele na Câmara Federal.

“Esse ano ainda é permitido as coligações proporcionais. Dentro dessa linha estamos imaginando que será feita uma coligação maior com o PSB e outros que queiram se incorporar. Teremos condições de fazer uma coligação ampla”, explicou. O deputado acredita que dentro dessa coligação serão eleitos os que obtiverem o maior número de votos. “É assim que vamos trabalhar e esperamos poder reeleger uma bancada boa para que a gente possa, na próxima legislatura, ter a mesma intensidade”, disse.

 

 

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO
%d blogueiros gostam disto: