Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

PR confuso na Paraíba

Política

PR confuso na Paraíba

O presidente estadual do PR, Wellington Roberto, revelou conversas com o pré-candidato a governador pelo PSB, João Azevedo, e de preferência com o senador José Maranhão (MDB) que também pretende disputar o governo do estado. O parlamentar ainda opinou sobre a decisão do PSDB de apoiar a pré-candidatura de Lucélio Cartaxo ao governo do estado. Para ele, a divisão das oposições prejudica o projeto do grupo.

“O PR foi convidado para uma conversa interna com o ex-secretário João Azevedo onde estivemos, como fomos ainda com o senador José Maranhão onde falamos sobre a expectativa da candidatura dele ao governo”, disse.

Wellington Roberto disse ainda que foi pego de surpresa com a definição do PSDB, já que tinha acertado uma conversa com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para analisar a possibilidade de uma aliança com vistas às eleições de 2018.

“A oposição se antecipou e decidiu internamente lançar o irmão do prefeito de João Pessoa como candidato a governador, além de antecipar a chapa ao Senado. Isso foi uma surpresa ao PR e ao MDB e vários líderes já se pronunciaram dessa forma. Eu estive com o senador Cássio Cunha Lima e conversávamos e me surpreendi”, lamentou.

Wellington disse que o cenário está confuso e usou o PP para apontar comportamentos que tornam o cenário ainda mais nebuloso. “Determinados partidos que hoje talvez estão na oposição e de repente já se posicionam dando sugestões, como o PP do deputado Aguinaldo Ribeiro – uma pessoa ligadíssima e líder do presidente Temer na Câmara dos Deputados, que tem o pai vice-prefeito da cidade de Campina Grande – e de repente fica dando sugestões de como deve ser a composição da chapa do então governador Ricardo Coutinho”, ironizou. Na semana passada, o presidente do PP, Enivaldo Ribeiro, sugeriu em um programa de rádio de Campina que o candidato a vice da chapa de João deveria ser de Campina Grande.

“Então ninguém está entendo mais absolutamente nada. Eu sei que ta havendo sugestões e as composições estão contaminando os dois lados, por isso o PR está avaliando essas três opções”, complementou o parlamentar.

O deputado justificou que não tem nada contra o candidato governista, mas questionou a popularidade de João e a capacidade de transferência de votos de Ricardo Coutinho. “Eu não tenho nada contra, João é um homem que tem demonstrado competência, mas que não tem ainda caído na simpatia do povo paraibano. E Ricardo, por mais trabalho que tenha feito em relação a nossa Paraíba, eu reconheço isso, não tem consigo transferir esses votos. Pesquisas mostram que ele não tem tido essa ascensão”, avaliou

Já o filho de WR o ex-secretário da gestão estadual, o jovem Bruno Roberto, filho de Wellington, revelou que por ele o Partido Republicano na Paraíba não marchar ao lado de João Azevêdo (PSB), nas eleições desse ano: “Ele não é Ricardo Coutinho e sim outro candidato”, justificou.

Bruno destacou que nutre uma admiração profunda pelo governador Ricardo, mas, a partir do momento que ele não está mais na disputa, os partidos têm autonomia de colocar em prática outro raciocínio.

Ele ressaltou ainda que em nenhum momento o PR foi consultado pelo PSB sobre o nome de João Azevêdo para governador.

 

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO
%d blogueiros gostam disto: