Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Couto não viu Lula, mas pelo menos Chico César cantou

Política

Couto não viu Lula, mas pelo menos Chico César cantou

O deputado federal paraibano Luiz Couto esteve na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, mas teve sua visita ao ex-presidente Lula, que está preso no local. Depois de ter recebido a segunda recusa a um pedido de visita pela juíza da 12º Vara Federal de Curitiba, Carolina Lebbos, Couto pretende denunciar o caso à Comissão Nacional de Justiça (CNJ).

“No tempo da ditadura, Lula visitou vários presos políticos e hoje ele é um preso político e a Comissão de Direitos Humanos não pode visitá-lo. A juíza acha que pode tudo, até mesmo impedir a visita de uma comissão que representa a Câmara dos Deputados”, lamentou Luiz Couto, lembrando que é a segunda vez que uma comissão externa da Câmara dos Deputados é barrada pela juíza Lebbos. “Essa é uma decisão de enganação. Estamos vivendo um Estado de exceção. Não se respeita mais a Constituição, não se respeita mais o Parlamento. O Brasil precisa retomar o Estado democrático de direito. Uma juíza não pode achar que tem poderes absolutos, desrespeitando a própria Legislação”, denunciou.

Luiz Couto esteve em Curitiba como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. Devido a isso, a decisão judicial desrespeita a autonomia do Parlamento Brasileiro. “Vamos acionar o presidente da Câmara para que ele denuncie o total desrespeito à autonomia desta Comissão que tem a competência de visitar presos sem comunicado à justiça”, disse Couto ao sair da sede da PF.

Estiveram presentes em Curitiba, as deputadas federais Maria do Rosário (PT-RS), Luizianne Lins (PT-CE), e o deputado Dionilso Marcon (PT-RS), Patrus Lula Ananias, além de Couto.

Em 26 de abril, o deputado Luiz Couto oficiou a juíza Carolina Lebbos com o objetivo de dar ciência sobre a vinda da comitiva a Curitiba. Em resposta, a magistrada afirmou que eventuais novas solicitações de visitas ao ex-presidente deveriam ser direcionadas à autoridade policial responsável pela custódia.

Se Couto não pôde ver Lula, o mesmo aconteceu com o cantor paraibano Chico César, mas ele ainda realizou show para os seguidores do petista que seguem acampados em frente a sede da Polícia Federal em Curitiba

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO
%d blogueiros gostam disto: