Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Crime absurdo contra animais em no Sertão da Paraíba

Policial

Crime absurdo contra animais em no Sertão da Paraíba

Um caso vem causando revolta na cidade de Igaragy, na Paraíba e no Brasil. Mais de 30 cachorros foram mortos, e o secretário de Saúde prefeitura, José Carlos Maia confirmou a reportagem, que foram sacrificados, pois o município não tinha como cuidar dos animais de rua. Os animais foram recolhidos em um caminhão.

O motivo da matança é que os animais estavam abandonados nas ruas, estavam com perfil violento e com doenças. No começo do mês, o vereador Damião Clementino da Silva (Irmão Damião – PSD) requereu na Câmara Municipal providências sobre a situação dos animais, e a resposta da prefeitura foi sacrificar os cães abandonados. O vereador explicou que pediu solução para o caso e a morte dos animais.

De acordo com o secretário responsável pela determinação, os animais passaram por procedimento de eutanásia, a partir da aplicação de medicamentos pela Prefeitura Municipal e pelo próprio secretário José Carlos, que também é veterinário.

Cães foram levados em caminhão para a matança

O secretário alega que a medida foi tomada porque o município não tinha outra destinação para os animais em situação de doença abandonados na rua e que todos estavam com quadro de doenças em processo terminal.

O Ministério Público investiga denúncias de que os animais foram mortos a pauladas dentro do fórum da cidade. De acordo com a assessoria de comunicação do MPPB, o secretário pode ter cometido infração penal e ato de improbidade administrativa.

A promotoria de Justiça de Piancó, na mesma região, encaminhou ofício ao prefeito de Igaracy, José Carneiro Almeida da Silva, “requisitando a exoneração imediata de José Carlos Maia do cargo de secretário de Saúde, haja vista a flagrante violação aos princípios da legalidade, moralidade e legitimidade, inerentes ao cargo público”.

O Ministério Público deu prazo de cinco dias para que o prefeito preste informações sobre levantamento do número de animais nas ruas, com as respectivas zoonoses e laudos veterinários, comprovando as doenças, e também detalhes sobre as mortes dos animais.

Polícia Civil e Conselho de Medicina Veterinária

O Ministério Público também encaminhou ofício para a Delegacia de Polícia Civil, requisitando a instauração de inquérito policial. Ainda de acordo a promotoria, foi determinada a expedição de ofício para o Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba, requisitando a instauração de procedimento administrativo sobre a conduta do secretário, que seria médico veterinário.

REPERCUSSÃO NACIONAL

A ativista da cidade de São Paulo, Luisa Mell também se revoltou com a matança dos cães na cidade de Igaracy, Sertão da Paraíba. Mais de 30 animais de rua foram sacrificados.

A famosa Luisa Mell utilizou sua rede social Instagram para pedir que autoridades tomem providências com o ocorrido, que vem repercutindo no Brasil inteiro.

No stories, ferramenta do Instagram, Luisa Mell chorou e pediu medidas. “Se não roubassem tanto dinheiro dava pra cuidar de muitos animais”, lamentou.

A postagem da famosa já ultrapassou 35 mil curtidas e mais de 7 mil comentários.

NOTA

O Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba (CRMV-PB) emitiu uma nota de esclarecimento a respeito da denúncia realizada por populares de que cães estariam sendo alvo de maus tratos no município de Igaracy, no Sertão da Paraíba.

Segundo a nota, divulgada no site da instituição, o CRMV-PB vai realizar uma fiscalização para averiguar os fatos e adotará medidas cabíveis.

 

 

 

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Policial

TOPO
%d blogueiros gostam disto: