Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Presidente do Sousa acusa que o Botafogo-PB tem proteção no Estadual

Esporte

Presidente do Sousa acusa que o Botafogo-PB tem proteção no Estadual

O presidente do Sousa Esporte Clube, Aldeone Abrantes, em entrevista esta semana reclamou da forma como é conduzido o Campeonato Paraibano. “No dia que deixarem o campeonato ser resolvido só em campo, o campeonato da Paraíba vai crescer”, observou ele.

Aldeone Abrantes denunciou “superproteção” aos times grandes, para que não fiquem fora da Copa Nordeste. “Enquanto tiver com isso não vamos sair do canto, porque termina o campeonato, maquiado aí vão para o Campeonato Brasileiro. É vergonhoso”, declarou o sousense.

Ele citou o Botafogo, e revelou que o time da cidade de João Pessoa tem 32% dos recursos do “Gol de Placa” (programa do Governo da Paraíba), e reclamou que apenas dois times recebem os investimentos de 9%, que o presidente disse ser milionário, da Copa Nordeste, defendendo que deveria ser dividido entre os outros clubes.

O sousense explicou que o time da capital tem o maior percentual do “Gol de Placa”, 32%, enquanto o Treze tem 20%, e 44% é dividido para 8 clubes da Paraíba. “É uma diferença estratosférica”.

 

Arbitragem

Segundo Aldeone, o campeonato já começa sem seriedade , destacou o papel fundamental da arbitragem, e mandou recado: “Deixe os times jogarem. Já tem o dinheiro para formar time bom. Quem tem competência se estabelece companheiro, não precisa está com ajuda de fora”.

Ele alegou que “tiraram” o Sousa da competição no ano passado e falou de erros cometidos: “Se você pegar as fitas do ano passado, o Sousa ficou fora da competição. Tiraram o Sousa. Nós perdemos nove pontos assim, os caras chegaram e tiraram. Não foi erro de dúvida não. Cabra [sic] anulou gol aqui do Sousa de cabeça e escanteio, nunca vi isso na minha vida”, lamentou o presidente.

Perseguição

O sousense revelou que é perseguido por pedir que o campeonato seja decidido em campo, sem ajuda de “fora”, e contou que faz o mesmo pedido em reuniões com a Federação Paraibana de Futebol.

O presidente do Sousa aproveitou para alfinetar o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues: “Eu no lugar do Amadeu chamava a arbitragem; ‘venha cá, sente aqui, meu amigo eu não quero mais ouvir falar mais de erro’”, destacando que todos podem errar, mas voltou a atacar a arbitragem, “agora do jeito que os caras fazem; cara olha pra tua cara e, vou tomar seu jogo e toma mesmo”.

 

Sem condições

O presidente do dinossauro do Sertão confidenciou que foi prejudicado por Roberto Lima, e ao chegar em Patos para disputar uma decisão estava lá o mesmo árbitro. “Não tem condições de apitar um jogo. Todo jogo é confusão”, reclamou Aldeone.

 

FPF

Ele disse não ter nada contra o presidente da federação, mas cobrou “moral” por parte de Amadeu Rodrigues: “Tem que botar moral. Tem que ter um campeonato justo, limpo. Deixa os caras jogar”, pediu o presidente do Sousa.

Fonte: Diário Esportivo

Créditos: Luzia de Sousa

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Esporte

TOPO
%d blogueiros gostam disto: