Wilson Filho vai conhecer sistema de dessanilização

WilsinhoConhecer o sistema de dessalinização usado no Estado de Israel, república parlamentar localizada no Oriente Médio. Esse será um dos compromissos do deputado federal Wilson Filho (PTB), ainda este ano, depois do convite feito pelo ministro da Embaixada de Israel no Brasil, Lior Ben Dor, em Brasília, para conhecer o trabalho que é referência no mundo.

Para o deputado, a visita servirá para estabelecer uma política pública de acesso à água de qualidade para o consumo humano por meio do aproveitamento sustentável de águas do mar, incorporando cuidados ambientais e sociais na gestão de sistemas de dessalinização.

“O processo de dessalinização pode ser um excelente caminho para que o Nordeste e o Brasil não sofram com falta de água, já que temos um enorme litoral. Vou conferir in loco como é o funcionamento em Israel e trazer para o Brasil a experiência positiva”, disse o deputado, que preside na Câmara Federal, as comissões do semiárido e combate à seca.

De acordo com o deputado, a implantação do processo deverá ocorrer após um estudo do potencial hídrico na região. O sistema de dessalinização da água já é usado em nove estados no Brasil.

Dessalinização em Israel
Israel inaugurou, em 2010, a sua terceira usina de dessalinização no norte da cidade de Hadera. A usina foi considerada a maior usina de dessalinização por osmose reversa do mundo. Ela captura água do Mar Mediterrâneo e a torna potável, a expectativa é que a usina produza 127 milhões de metros cúbicos de água por ano – o suficiente para abastecer um sexto da população israelense.