Vereador Humberto pediu que PMCR pague piso ao agentes de endemias. Popó respondeu que não precisava alarde

agente-de-saudeO vereador Humberto Cavalcante (PR) apresentou na última sessão de vereadores um requerimento para o poder executivo da cidade de Catolé do Rocha, solicitando melhoria para os agentes de combate à endemias do município. 

Durante a sessão o parlamentar afirmou ter sido procurado pela categoria que e disse ter recebido a informação de condições deficitárias de serviço, como falta de equipamentos básicos, tendo que atuarem de sandália.

“Tem prefeituras que pagam o piso, e a de Catolé tem condições de fazer isso sim. Além disso, esses profissionais precisam de uma condição legal de trabalhar”; pontuou.

VERSÃO CONTRÁRIA.

A vereadora Popó Maia (PTB) líder do prefeito Leomar Maia (PTB) na Câmara rebateu os questionamentos apresentados por Humberto. “Houveram recentes reuniões entre os agentes e o prefeito, foi cordial, num tem motivo para esse alarde, de denunciar na imprensa. A administração de Catolé está disposta sempre à conversa. Precisam os vereadores daqui pegarem informações com os secretários, e num só trazer uma versão aqui”; destacou.

Os Agentes de Combate à Endemias paralisaram suas atividades durante um dia, na semana passada em protesto por essas condições de trabalho.