TRE afastou do cargo o comandante da PM em Pombal. Ministério Público afirmou existir parcialidade

PMPombalO Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) determinou o afastamento do comandante da Polícia Militar na cidade de Pombal desde a véspera e durante o dia da eleição em seu Segundo Turno. 

O Capitão C. Lima teve seu afastamento de funções pedidas pelo Ministério Público Eleitoral com sede na comarca da cidade e também da juíza Isabelle Braga.

O MPE ouviu diversas pessoas, entre eleitores e representantes de uma coligação, que informaram sobre a parcialidade do capitão no processo eleitoral na cidade. Após os depoimentos serem colhidos, o documento foi enviado ao Ministério Público Federal (MPF)”, disse Wagner.

O MPF comunicou o caso à Justiça Eleitoral, que determinou o afastamento do capitão do cargo durante a realização das eleições neste domingo. O Comando Geral da Polícia Militar foi notificado e o major Rômulo substituiu o capitão temporariamente.