Pollyanna Dutra e Verissinho se atacam na imprensa.

Popo_VerissimoA prefeita de Pombal, Pollyanna Dutra (PT) e o seu adversário político e ex-prefeito também da Terra de Maringá, Dr. Verissinho (PMDB) trocaram acusações nesta semana via imprensa. As declarações foram fortes.

Pollyanna foi a primeira a falar, a prefeita disse que a oposição de Pombal é uma das piores que já viu, ela disse que a sua cidade já perdeu milhões de reais em recursos por causa de seus adversários, e resumiu; “Na verdade eu não tenho nem oposição, eu tenho perseguidores. Tenho pessoas que odeiam, que são radicais e que não tem nem alternativa de proposta”, acrescentou.

Em seguida o ex-deputado estadual e ex-prefeito de Pombal, Doutor Verrisinho (PMDB), não gostou da crítica sobre a oposição e disse, que o único mal que fez a gestora foi colocá-la no poder, afirmou que a perseguidora da cidade é a prefeita, argumentou que ela se aproveitou da morte de seu marido para chegar ao comando do Poder Executivo e disse que deu uma “surra” em Pollyana nas últimas eleições estaduais.

Verissinho disse que o mal que fez a prefeita foi colocar seu grupo no poder. “Ela era uma desconhecida e só virou prefeita porque nós a colocamos no poder. Elegemos o marido dela que veio a falecer e ela, chorando de casa em casa em Pombal, em cima do cadáver dele, dizendo que era uma viuvinha pobre, conseguiu se eleger. O mal que nós fizemos foi ter dado vida a eles, porque eles não eram nem conhecidos”; ressaltou.