Os fatos que fizeram Jullys “não ganhar” em 2014

JullysO candidato a deputado Jullys Roberto (PEN) em sua primeira tentativa de chegar à Assembleia Legislativa não obteve êxito. O mesmo obteve 22468 votos quando em lista geral ficou em sua coligação na segunda suplência.

JR que é filho do atual deputado estadual Márcio Roberto mesmo sendo “novato” na Paraíba, chegou próximo da votação de seu pai que em 2010 teve 24.880.

MUDANÇA QUE DEU ERRADO

Jullys em setembro de 2013 saiu do PMDB partido que era filiado temendo uma grande disputa dentro da legenda, e buscou uma nova filiação no PEN, ao qual pensasse ser mais fácil “entrar” nas vagas.

Porém, numa tentativa que dava mostras de acerto antes e durante a campanha acabou sendo errada efetivamente, ainda mais quando no PMDB o último eleito que foi Trócolli Júnior entrou na Assembleia em 2014 com 20.685.

Na coligação do PEN houve “uma disparada” de votos dos rivais e era preciso quase sete mil votos a mais pra ter sido eleito.

Jullys mesmo afirmou isso pós o resultado, “Ninguém poderia prever que o quarto colocado do PMDB ficasse com pouco mais de vinte mil votos, quando o terceiro teve mais de trinta, não me arrependo da mudança”, destacou.