No processo de possível cassação de Ricardo Coutinho, o TRE-PB irá ouvir Gervásio Maia como testemunha

GervasioRicardoO juiz Tércio Chaves de Moura, do Tribunal Regional Eleitoral, designou para o próximo dia 06 de fevereiro a realização de audiência a fim de ouvir as testemunhas arroladas num dos processos que pedem a cassação do governador Ricardo Coutinho (PSB) e da vice-governadora Lígia Feliciano. O despacho do magistrado foi publicado No diário eletrônico do TRE. O caso envolve a entrega de ambulâncias no período eleitoral a prefeitos aliados do governador. Dentre as testemunhas que serão ouvidas estão os deputados Gervásio Maia (PMDB) e Antônio Mineral (PSDB).

De acordo com o advogado Harrison Targino, da coligação “A Vontade do Povo”, o Governo do Estado usou a máquina pública em benefício da candidatura de Ricardo Coutinho nas eleições de 2014. “O Estado tinha várias ambulâncias paradas em depósitos. Elas estavam sendo distribuídas a partir de contatos políticos, de adesões políticas. Isso depois se confirmou num vídeo de um prefeito aderindo a Ricardo Coutinho, já no segundo turno, com a presença do deputado Gervásio Maia”, destacou.

Já para o advogado Fábio Brito, que atua em defesa do governador Ricardo Coutinho, a oitiva de testemunhas faz parte da dinâmica processual. Sobre as acusações de uso eleitoral das ambulâncias, ele disse que a denúncia não procede.

Absolutamente infundada a denúncia. As ambulâncias fazem parte de um programa de natureza administrativa, de controle rígido, sério e absolutamente imune a esse tipo de desvirtuamento”.

Fonte: Jornal da Paraíba