Janduhy Carneiro mostra solidariedade com Hugo Motta sobre caso na CPI da Petrobrás

HugoMotta (800x600)O deputado estadual Janduhy Carneiro (PTN), vice líder da oposição na Assembleia Legislativa, aproveitou o pequeno expediente da Casa Epitácio Pessoa para emitir uma moção de solidariedade ao deputado federal paraibano Hugo Motta (PMDB), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, que foi agredido verbalmente pelos deputados Ivan Valente (PSOL/SP) e Edmilson Rodrigues (PSOL/PA) durante a abertura dos trabalhos da CPI na semana passada.

Janduhy Carneiro (400x300)O parlamentar também aproveitou para pedir um voto de repúdio aos agressores que tentaram impedir a criação de sub-relatorias para apurar as irregularidades cometidas na Petrobras, envolvendo parlamentares brasileiros, acusados de atos de corrupção, que estão sendo investigados pela Operação Lava Jato.

“Está de parabéns o deputado paraibano Hugo Motta que cedeu às pressões de parlamentares que defendem boa parte de pessoas envolvidas na Operação Lava Jato. Com altivez e determinação ele criou as sub-relatorias, impedindo assim que o poder de investigação não ficasse apenas nas mãos do relator”, finalizou o deputado