Hugo Motta quer candidato à presidente do PMDB em 2018

HugoMottaO deputado Hugo Motta, que tem se notabilizado pelo trabalho à frente da CPI da Petrobrás, além de assumir uma posição de vanguarda dentro do seu partido defendendo candidato próprio a presidente em 2018, enfileira entre os peemedebistas que têm postura crítica em relação ao PT. Em sua entrevista a Joice Hasselmann, da TV Veja, ele dispara: “O Brasil não é do PT.”

Segundo Motta, “o PMDB será sempre a favor da governabilidade, mas sem ser subserviente, se nós tivéssemos disso ouvidos desde o início, talvez o País não estivesse afogado da maneira que está numa crise econômica jamais vista…” E pontua sobre a relação com os petistas: “O PT só lembra do PMDB na hora de carregar o fardo, o PT não escuta o PMDB na hora de tomar as decisões.”

Então, entende que “o partido deve ter um projeto próprio de candidatura à Presidência da República, porque estendemos que temos quadros.” Citou nomes: “Eduardo (Cunha) pelo seu trabalho à frente da Câmara dos Deputados e ter vencido uma eleição contra o Governo, figura sim como um dos nomes nacionais que o PMDB, mas nós temos o prefeito do Rio de Janeiro, o Eduardo Paes.”