Esquentou o clima entre vereadores catoleenses. Novamente!

PopoTemistoclis“A vereadora diz que não vê os animais nas ruas em Catolé, numa lei que nós aprovamos, mas infelizmente Popó mora em João Pessoa, e só passa os dias em Catolé na segunda e na terça”; essa frase dita pelo vereador Themistoclys Barreto (PPS) na última sessão provocou a exaltação da sua colega citada.

“Isso foi um total desrespeito a minha pessoa, o presidente desrespeitou o regimento interno. Minha vida pessoal não diz respeito à ninguém, eu moro em Catolé do Rocha e se você não sabe é outra situação, se informe”; alertou.

O vereador Alfredo Maia (PMDB) também aumentou o coro da defesa de Popó; “Aqui acima de tudo deve existir o respeito à pessoa, e a vida íntima de todos, isso tem de ser prioridade. De forma triste eu testemunhei o presidente citando Popó, e pareceu ser em motivo de prejudica-la”; destacou.

Pouco antes disso, o vereador Geraldo Amélio (PR) havia defendido Themistoclys.

O presidente tem desempenhado um papel de desenvoltura nessa cadeira, tem mostrado boa administração, paciência e atenção à todos nós, isso merece sim registro e até agradecimento por isso