Caso de racismo contra Gari em Pombal

Basic CMYKJusto na semana em que o Brasil celebrou o Dia da Consciência Negra, uma denúncia de injúria contra a raça foi registrada na polícia civil de Pombal, tendo como vítima um gari. Conforme apurou a imprensa, o fato aconteceu última sexta-feira.

A vítima, Marcos Antônio da Silva Santos, de 25 anos, que mora no bairro Janduy Carneiro, em Pombal, registrou boletim de ocorrência na tarde do mesmo dia, acusando duas mulheres – mãe e filha – de terem praticado o crime racial, ao chamá-lo de “macaco ladrão”.

Segundo ele, o caso originou-se quando ele fazia o serviço de coleta de lixo na rua Francisco Bezerra e pegou uma sacola de lixo que estava em cima de uma parede de um muro de residência.

Instantes depois, a acusada se aproximou do mesmo e o acusou de ter furtado uma bolsa sua, que estava junto às sacolas recolhidas.

De acordo com Marcos, as duas o xingaram no meio da rua e na frente do colegas de trabalho, que foram arrolados como testemunhas.

O caso será investigado pelo delegado Anderson Fontes e caso seja provado o crime, as acusadas poderão ser condenadas à pena que vai de um a três anos e multa.

Fonte: Liberdade FM