Câmara manteve suplementação do município de São Bento

camarasbEm meio a polêmicas e difusão nos Meios de Comunicação Regionais e Estaduais, a tentativa de reduzir o Crédito Suplementar de 50 para 5 %, no Orçamento do município de São Bento – PB para 2017, estancou em um consenso entre vereadores da oposição e situação, em sessão movimentada na noite da última quarta-feira (14).

A celeuma originou- se a partir de uma propositura do vereador e presidente do Poder Legislativo Sãobentese, Adaildo Dantas (PSB), que tentou alterar o Projeto de Suplementação Orçamentária da “Terra da Rede” para o ano vindouro, por meio de uma emenda tratando de diminuição da modalidade de crédito adicional de 50 para 5 %.

A Suplementação Orçamentária da Câmara de Vereadores é um crédito adicional para despesas não computadas ou insuficientemente dotadas na Lei Orçamentária Anual (LOA), que visa atender à insuficiência de dotações ou recursos alocados nos orçamentos, bem como, a necessidade de atender situações que não foram previstas, inclusive, por serem imprevisíveis, nos orçamentos.

Leomarque Pereira