Agressor de Hugo Motta pode ser acusado de quebra de decoro na Câmara Federal

AgressorHugoDeputados da bancada do PMDB pediram que o Conselho de Ética investigue Edmilson Rodrigues, do PSOL do Pará, por quebra de decoro parlamentar. Na primeira sessão da CPI da Petrobrás, Edmilson chamou o presidente da comissão, Hugo Motta, de “moleque” e “coronel”.

O fato rendeu em todo o país.

Hugo é deputado federal natural da cidade de Patos.