Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Homem construiu sozinho, réplica da Igreja Matriz de Sousa

Tecnologia

Homem construiu sozinho, réplica da Igreja Matriz de Sousa

Igreja de Nossa Senhora dos Remédios

Após mais de dois anos de muita dedicação, paciência e perseverança, o servidor aposentado do Ministério da Saúde, Jurandir de Oliveira Gonçalves de 63 anos, concluiu a réplica da igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, padroeira da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba.

Toda de madeira reciclada, a igreja tem um 1,40 de altura, 1,10 de largura e 1,92 de cumprimento. O material do palete (estrado de madeira usado no transporte de cargas) fora reaproveitado após ser descartados por algumas empresas. E assim, tudo se transformou na própria casa de Jurandir em uma belíssima obra de arte.

Indagado sobre qual motivo o levou a construir a réplica da Matriz, haja vista não ter o costume de trabalhar madeira, Jurandir menciona Deus, fala sobre a aposentadoria e adiciona aos motivos a beleza da igreja e o fato da edificação estar sempre a sua vista desde criança.

“Acho que a inspiração vem de Deus. Até um dia desses, eu era funcionário público não tinha tempo, como disse nunca toquei num pedaço de madeira. E ai, quando me aposentei, a primeira coisa que veio à mente foi fazer a igreja para ocupar o tempo. Além disso, foi a Matriz porque o prédio é muito bonito, eu sou católico, frequento o terço dos homens, fui batizado lá, me casei lá também, e ainda hoje moro próximo, enfim”, disse.

Ao ser visualizada, a unanimidade carrega nos elogios, dado a perfeição do trabalho. Uma performance que vai além da parte externa, pois possui mínimos detalhes no interior da igreja, a citar como exemplo os assentos, os pilares e o altar com as imagens dos santos. O que também chama atenção é o relógio e os sinos nas torres, além da estrutura interior do primeiro andar com uma sala de aula.

Além dos marceneiros Helder e Paulo que tiravam dúvidas quando necessário, contribuíram com a concretização do sonho de Jurandir, a Ótica Nova Real (relógios), a Gráfica Inove (paletes), Isis (paletes), posto de combustíveis Hipetro (máquinas furadeira) e a arquiteta Gesiane, esposa do juiz Edivan Rodrigues (doação das imagens sacras).

Conforme Jurandir Gonçalves relatou, ele está em contato com o Centro Histórico Cultural Professora Dodora para expor sua obra de arte ao conhecimento público, faltando, tão somente, uma data.

Informações com Sertão Informado

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Tecnologia

TOPO
%d blogueiros gostam disto: