Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Jovem de família humilde de Sousa-PB, passou em 1º lugar para vestibular de medicina

Educação

Jovem de família humilde de Sousa-PB, passou em 1º lugar para vestibular de medicina

Fera

O filho do pedreiro José Aluízio Pedrosa e da dona de casa Maria do Socorro Pires Duarte, o estudante José Bruno Pires Pedrosa, de 19 anos, residente no Bairro André Gadelha, na cidade de Sousa, Sertão da Paraíba, conseguiu o primeiro lugar para o curso de medicina na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), campus de Cajazeiras. O resultado foi divulgado essa semana após a chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2022.

Bruno Pires têm outros pontos em comum igualmente a milhões de jovens brasileiros: não possuir condições financeiras e estudar em escolas públicas. Perto de casa, ele cursou o Ensino Fundamental I na Escola Municipal Sinhá Gadelha. Já o Ensino Fundamental II e o Ensino Médio foram concluídos na Escola Normal Estadual José de Paiva Gadelha, este último em 2019.

Para não perder o ritmo dos estudos, pelo fato de não obter aprovação em seu primeiro ENEM, Bruno se viu em outra situação difícil: a de não poder pagar cursinho preparatório. Daí veio a solidariedade de professores e amigos. É que com a ajuda deles, o jovem promissor conseguiu um bolsa integral por dois anos consecutivos, até que em 2021, alcançou a tão sonhada vaga no curso de medicina ao atingir 785 pontos na prova e 960 na redação.

Bruno falou de sua origem simples, dividida com o irmão Wildenberg Pires Duarte, tias e avós que sempre acreditaram no seu objetivo.

“Sempre foi difícil assim, porque na minha casa somos eu e minha mãe, e só que trabalha. E ela não ganha muito, sabe! Então para sustentar a casa sempre foi difícil, mas tem meu pai que ajuda por fora. Então eles juntos foram quem me sustentaram até hoje”, disse.

O mais novo fera em medicina – estudava sete horas por dia – relatou o estímulo que recebeu dos professores, o que para ele foi substancial na continuidade de seu sonho.

“Meus professores foram quem me incentivou mesmo a continuar com isso, a não parar até eu conseguir o que eu queria. Sempre me ajudaram mesmo, sabe, especialmente o professor Tico, o meu professor de matemática”, contou.

Informações com Levi Dantas

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Educação

TOPO
%d blogueiros gostam disto: