Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Vereadores de Pombal pedem ao Governo do estado que mantenha leitos de Covid no Hospital local

Política

Vereadores de Pombal pedem ao Governo do estado que mantenha leitos de Covid no Hospital local

Após circular a informação de que os leitos da Enfermaria e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Regional de Pombal (HRP), destinados a pacientes com a Covid-19, poderiam ser desativados, vereadores do município preocupados com a situação resolveram formular requerimentos para evitar o fechamento dos leitos na unidade de saúde.

O vereador João Leite Filho (PSDB), formulou um requerimento direcionado ao Governador João Azevedo (Cidadania), solicitando que os leitos continuem ‘abertos’ pelo menos até 31 de dezembro deste ano de 2021.

Conforme o parlamentar, a informação é de que os leitos deverão ser desativados ao termino deste mês de agosto. João Filho alertou ainda para o fato da população não estar 100 vacinada e que considera prematura a decisão de desabilitar os leitos.

A bancada do PL formada pelos vereadores Edni Evaristo, Jorismar Cardoso “Telefaz”, Marcos Andrade “Marcos de Coativa” e Romero Freitas, também formulou um requerimento destinado a deputada Polyana Dutra, para que a deputada interceda junto ao Governador para que os leitos não sejam desabilitados.

De acordo com informações repassadas a reportagem do HW COMUNICAÇÃO pacientes de outros municípios da região, a exemplo de Paulista e São Bento, estariam sendo regulados para Sousa ou Patos, mesmo com vagas no Hospital Regional de Pombal que possui 13 leitos de Enfermaria e 10 de UTI.

O HRP está com 7,7% dos leitos de Enfermaria e 10% dos de UTI ocupados, conforme dados da própria unidade de saúde divulgados nesta segunda-feira (09/08/2021).

Conforme a diretora do HRP, Kévia Werton, durante participação por telefone no Jornal Maringá, da Rádio Maringá 98 FM, os leitos permaneceram na unidade que ficarão na condição de Unidade de Decisão Clínica (UDC), que receberá os pacientes com Covid-19 e dependendo da situação encaminhará para outros centros que ficaram habilitados para o atendimento.

Também por telefone, o vereador Marcos Andrade (PL), adiantou que o requerimento lido na sessão desta segunda (09/08/2021) e que seria votado nesta terça-feira (10/08/2021), será retirado, por entender que os equipamentos permanecerão na unidade de saúde.

HW COMUNICAÇÃO

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais Notícias em Política

TOPO
%d blogueiros gostam disto: