Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Pollyanna Dutra e o G9 na ALPB

Política

Pollyanna Dutra e o G9 na ALPB

A deputada estadual Pollyanna Dutra (PSB) desmentiu boatos espalhados de um possível desligamento da base do governo João Azevêdo (PSB), isto por conta da sua aproximação com o Grupo dos 9 deputados que se dizem independentes na Assembleia Legislativa.

“Eu tenho essa postura. Eu sou da base, eu sou do PSB, eu não posso esquecer isso, mas eu não posso simplesmente votar, achar que está tudo certo. Eu não tenho grupo nenhum, agora eu tenho tido mais entendimento com o G9 porque me permite um espaço de construir, dinamizar a política. E é isso que estamos precisando, de espaço para um bom debate”, ressaltou.

Conforme a deputada, seu posicionamento segue firme em um debate de aliança com o governo em prol, sempre, do povo da Paraíba.

Ela ainda reiterou que sua postura na Assembleia Legislativa tem o objetivo de pensar sempre no melhor para o povo, mas que seu posicionamento político permanece aquele que a levou até onde ela se encontra hoje.

“Essa construção foi muito dura, chegar até aqui, com o povo, com esse sentimento, e aqui eu não poderia ter uma postura diferente. Eu preciso qualificar melhor o debate porque eu tenho algo a acrescentar, a construir. Não faz parte da minha identidade nem da minha história ficar simplesmente sentada achando que está tudo certo. Eu sou mulher, sertaneja, de partido socialista, agora eu preciso também construir uma crítica construtiva do que está acontecendo. Essa é a minha luta”, destacou.

A deputada disse que está na Assembleia para dar sustentabilidade ao governo de João Azevedo (PSB).

“Eu usei essa plataforma de governo e a população entendeu que era o melhor projeto para o estado da Paraíba, e eu não tenho nenhum motivo para deixar a base. Agora eu preciso também acrescentar algo, dinamizar os projetos que chegam lá”, reiterou.

Mas, há quem diga que ela tem flertado com o grupo. Como integrante da base governista, Pollyanna estaria ligada ao chamado blocão, que garante a sustentação governista de João Azevêdo na Casa. Por enquanto, a socialista pode apenas dizer que tem ‘carinho’ pelo G9 e tem sentimento de gratidão pela acolhida.

Pollyanna já admitiu por telefone: “Tenho muita simpatia pelo G9, é o grupo com quem dialogo e que me permite fazer política e debate na Assembleia. Foi por ele que fui muito bem acolhida na Casa”. Comedida, a ex-prefeita de Pombal, alçada ao comando da CCJ graças ao G9, evita verbalizar, com todas as letras, o óbvio. E com razão.

A deputada tem mantido uma postura, digamos independente, no que se refere a projetos em que acredita. Já votou algumas vezes indo de encontro às orientações da liderança do próprio Governo. Como presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Pollyanna tem ajudado a garantir pautas ‘bomba’ para o Governo do Estado, a exemplo do que trata sobre as emendas impositivas, que deve passar no plenário.

As discussões sobre compor o G9 têm ganhado uma proporção gigantesca já que todos garantem ser da base governista, mas não reagem ao comando do governador em muitas matérias. Os deputados chegam a ser observados com certa cautela pelo Governo, o que é previsível. Mas, também é preciso entender que agindo assim estão garantindo o fortalecimento e certa independência do Legislativo.

Bem-vinda

O líder do G9, Júnior Araújo, chegou a dar as boas vindas a Pollyanna Dutra que, segundo ele, já vota com o grupo desde o início dos trabalhos na Casa. Se o líder confirma, então a deputada socialista é de fato, mas não de direito. O G9, por sinal, tem garantindo alguns fios a mais de cabelos brancos ao governador João Azevêdo. Será que o secretário de Articulação Política, João Gonçalves, vai conseguir sanar essa situação? Aguardemos!

 

Heron Cid

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Política

TOPO
%d blogueiros gostam disto: