Nossas Redes Sociais

Clinton Medeiros

Clinton Medeiros

Federação Espírita da Paraíba falou no caso João de Deus

Policial

Federação Espírita da Paraíba falou no caso João de Deus

A imprensa conversou com Marco Lima, o Presidente da Federação Espírita Paraibana que explicou o posicionamento do movimento espírita sobre o escândalo sexual envolvendo o Médium João de Deus.

Sobre o atendimento prestado por João de Deus, Marco disse que a Federação espírita paraibana em conjunto com a Federação Espírita Brasileira orienta que o serviço espiritual não deve ocorrer isoladamente apenas com a presença do médium e a pessoa assistida.

Marco Lima lembrou também que toda prática espirita é gratuita e citou o versículo da bíblia que diz: Dai de graça o que de graça recebestes…”

O movimento espírita não recomenda atividade de médium que trabalha com atividade espiritual por conta própria.

“ESSES MÉDIUNS NÃO ESTÃO VINCULADOS AO MOVIMENTO ESPÍRITA NEM SEGUINDO A SUA ORIENTAÇÃO. ”

Sobre o CASO JOÃO DE DEUS:

Considerando a repercussão nacional do CASO JOÃO DE DEUS o Centro de Estudos Espíritas “Nosso Lar” esclarece:

  1. O médium João de Deus não é Espírita. Suas práticas não estão dentro das atividades do Espiritismo que não adota rituais e não tem como objetivo principal a cura de corpos físicos e sim o melhoramento moral da humanidade;
  2. Nem todo médium é espírita. Os médiuns espíritas atuam dentro de critérios estabelecidos pelas obras de Allan Kardec e enraizados no Evangelho de Jesus;
  3. Compete à justiça averiguar as acusações estabelecidas sobre as ações de João de Deus;
  4. O Espiritismo, doutrina codificada por Allan Kardec, não foi abalado uma vez que está acima dos homens;
  5. Todo ser humano está sujeito a quedas e falhas e responderá às leis humanas e divinas; desejamos que João de Deus se coloque à disposição da justiça para todos os esclarecimentos necessários, como compete a toda pessoa que se dedica ao bem, e que responda por tudo que lhe for imputado.
  6. Convidamos a todos os Espíritas à confiarem em Deus e na justiça humana para que as autoridades competentes cuidem do caso;
  7. A todos desejamos paz e continuidade do trabalho inabalável do Espiritismo pedindo a Deus que abençoe os corações que, laborando em nome do amor, erguem a bandeira da verdade;
  8. Evitemos ainda, julgamentos precipitados e discursos de ódio de qualquer natureza e a quem quer que seja;
  9. A justiça saberá agir de forma a estabelecer a verdade;
  10. Aos espíritas lembramos sempre das orientações bíblicas: “Caríssimos, não acrediteis em todos os Espíritos, mas provai se os Espíritos são de Deus, porque são muitos os falsos profetas, que se levantaram no mundo”. (João, Epístola I, cap. IV: 1).

Centro de Estudos Espíritas “Nosso Lar” – Dpto. Doutrinário

Continue lendo...
Espere! Abaixo temos mais Notícias para você...
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Mais Notícias em Policial

TOPO
%d blogueiros gostam disto: